Sexo Oral + Seguro

Através do sexo oral também há a possibilidade de transmissão de infeções. A mais falada de todas é o VIH/SIDA: não é tão arriscado como no sexo anal ou vaginal, mas fazendo sexo oral sem preservativo também podes ser infetado com o VIH ou infetares alguém.

Além do VIH, há outras infeções que podem ser transmitidas por sexo oral: a Gonorreia, a Clamídia, a Sífilis, as Hepatite B e C ou o Herpes Genital (quer recebendo, quer fazendo sexo oral).…  

Quando fazes sexo oral no cliente: Usa sempre um preservativo. Podes optar por preservativos de sabores!Cuidado com os dentes pois podem rasgar o preservativo!Sempre que mudares de tipo de penetração (oral, anal, vaginal) utiliza um preservativo novo. Assim, evitas que bactérias, fungos, etc., passem de uma zona do corpo para outra.Ao utilizares um preservativo para fazeres sexo oral estás a tirar-lhe o lubrificante. Se depois o utilizas para sexo anal ou vaginal, a probabilidade de ele estoirar é maior....

Quando o cliente faz sexo oral na vagina (minete) ou no ânus (beijo negro/ botão de rosa):Deves criar uma “barreira” entre a boca e a vagina / ânus para te protegeres das infeções.  

Tens várias possibilidades:

1ª POSSIBILIDADE: UTILIZAR UMA BARREIRA DE LÁTEX (DENTAL DAM) São retângulos de látex utilizados para fazer sexo oral de forma mais segura. Há em vários tamanhos e sabores! Vendem-se em algumas farmácias e nas sexshops.O dental dam é fácil de usar, basta retirá-lo da embalagem e colocar em cima da vagina/ ânus com um pouco de lubrificante à base de água na pele: dá uma sensação mais agradável e ajuda a fixá-lo!Durante o ato sexual, segura o dental dam com as mãos para ele não sair do lugar.Usa um dental dam novo em cada relação sexual ou com cada cliente.À semelhança dos preservativos, o dental dam não deve ser lavado nem reutilizado.

2ª POSSIBILIDADE: FAZER UMA BARREIRA DE LÁTEX UTILIZANDO UM PRESERVATIVO MASCULINOSegue os seguintes passos:Com as mãos limpas, pega num preservativo masculino e corta o reservatório na horizontal. Depois corta o preservativo na vertical.Ficas com um retângulo de látex que serve de proteção contra as infeções sexualmente transmissíveis. Coloca-o em cima da vagina ou do ânus. Durante a relação tem o cuidado de segurar a barreira com as mãos.É preferível fazeres isto com preservativos de sabores: é mais agradável para quem faz.

3ª POSSIBILIDADE: FAZER UMA BARREIRA DE LÁTEX UTILIZANDO PELÍCULA ADERENTE /PAPEL FILMENão é a solução ideal, mas é melhor do que nada! Com as mãos limpas, corta um pedaço suficientemente grande para cobrir a vagina ou o ânus.Segura a película aderente com as mãos enquanto durar a relação.

E se o preservativo estoura?

Não engolir o esperma, sangue, menstruação ou líquidos vaginais.Não lavar os dentes nem usar o fio dental pois podes magoar as gengivas e aumentar o risco de haver infeção.

Outros cuidados

Mantém a boca e, em especial, as gengivas saudáveis. Aftas, feridas na boca, gengivas que sangram são portas de entrada “fáceis” para vírus, bactérias, etc.As bocas podem enganar… até os clientes que aparentam ter uma boca saudável e limpa podem ter alguma infeção.Brincadeiras com comida ou cremes de corpo podem interferir com a eficácia do preservativo, degradando-o. Evita fazer isso.Usa sempre lubrificante à base de água!